16 fevereiro 2018

5

[DICAS] Série: The Crown

Hey, tudo bem?

A dica de hoje está cheia de classe e vem direto da realeza. Quem aí já ouviu falar ou assistiu a série The Crown?

Sinopse: Esta série dramática segue a política, rivalidades e relacionamentos da rainha Elizabeth II, e os eventos que fizeram história. (retirado do site oficial Netflix).

Trailer 1ª temporada:

 Já assisti todas as temporadas das séries que tenho amado assistir: Game of Thrones e Vikings. Quer dizer, Vikings ainda não assisti a última temporada porque estava envolvida nessa série maravilhosa chamada The Crown.

A realeza britânica foi algo que sempre teve a minha curiosidade, principalmente em relação à Princesa Diana, assim como às regras que os membros da nobreza precisam seguir. Estou sempre por dentro das notícias relacionadas a eles, e esta série veio para não só matar minha curiosidade em relação a algumas coisas, mas também para me enriquecer com seus fatos históricos. Claro que podemos pesquisar, ler artigos sobre o assunto...mas, nada melhor do que ver em cenas os acontecimentos históricos e essa série nos proporciona isto, conhecer um pouco mais dos acontecimentos da época e da personalidade de cada um, se é que isso é realmente possível.

The Crown é uma série oficial da Netflix, foi criada por Peter Morgan e faturou os globos de Ouro de melhor série dramática e melhor atriz. Esta incrível série terá passagens de época. Até o momento só foram lançadas a primeira e a segunda temporada, porém temporadas seguintes já são esperadas.

De acordo com um diretor da Netflix, a série cobrirá seis décadas em seis temporadas, e terá duração de 8 ou 10 anos, (fonte:cosmopolitan.abril). Você achou isso muito? Eu também achei, mas agora já era, irei assistir The Crown até a última temporada.

Trailer 2ª temporada

Pesquisando sobre a realeza percebi que os atores da trama são muito parecidos com os membros da realeza na época em que a série se refere. Nesta foto, vocês podem perceber a semelhança entre a rainha Elizabeth II e a atriz que a interpreta, Claire Foy.

Resultado de imagem para the crown
(Fonte: http://uk.businessinsider.com/cast-of-the-crown-vs-real-royal-family-2016-11/#claire-foy-plays-queen-elizabeth-ii-in-the-early-days-of-her-reign-1)

E aí? Acharam elas parecidas? Amo essa série, e vocês? Já assistiram? Pretendem assistir? O que acharam?

Beijos!

06 fevereiro 2018

12

[Resenha] Em Águas Sombrias

Título: Em Águas Sombrias
Autora: Paula Hawkins
Editora: Record
ISBN: 9788501109941
Ano: 2017

Sinopse:
Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã, mas Jules, como sempre, não tendeu seu telefonema.
Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao púnico lugar do qual achou que havia escapado para sempre.
Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, da certeza de que Nel jamais teria se jogado para a morte.
E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de “o Poço dos Afogamentos”...
Com a mesma escrita frenética e a mesma caracterização precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro da estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura eletrizante, que supera todas as expectativas, sobre as histórias que contamos de nosso passado e sobre o poder que elas têm de destruir nosso presente.

Hey, tudo bem? A resenha de hoje é da autora do best-seller internacional A Garota no Trem, publicado em 40 idiomas e um sucesso de bilheteria com o filme. Em águas sombrias é o segundo thriller da autora, e assim como o primeiro livro, este já teve seus direitos de adaptação cinematográfica vendidos para a  DreamWorks Pictures, então acredito que breve veremos o livro nas telas.

A história se passa em uma pequena cidade, em que no meio desta um rio atravessa. Nesta pequena cidade há um mistério, existe um trecho do rio chamado Poço dos afogamentos, onde antigamente mulheres acusadas de serem bruxas eram jogadas para verificarem se elas boiavam ou afundavam, se afundassem elas eram culpadas de bruxaria.

Com o passar do tempo, o Poço dos Afogamentos passou a ser utilizado por mulheres que queriam cometer suicido, ou por pessoas que queriam mata-las.

O livro inicia-se com o mistério da morte de Danielle Abbot (Nel Abbot). Ela foi encontrada morta no Poço dos afogamentos, e aparentemente não foram deixados vestígios que pudessem desvendar o mistério. A morte de Nel Abbot fez com que sua irmã Jules voltasse à cidade para cuidar da filha adolescente que Nel Abbot deixara, Lena. E também para contribuir com as investigações.

Jules e Nel Abbot moravam na pequena cidade desde criança com seus pais. Jules viveu uma adolescência difícil por ser gordinha e sua irmã ser considerada linda por todos os meninos da cidade. No entanto, não foi somente isso que fez com Jules fosse embora da cidade, outros acontecimentos na adolescência contribuíram para este fato. A morte da irmã a obrigou a voltar.

Nel Abbot, já na fase adulta, estava escrevendo um livro sobre o Poço dos afogamentos. E antes da morte dela, a melhor amiga da sua filha Lena havia sido encontrada morta, a Katie. Sendo este também um mistério a ser desvendado ao longo dos capítulos.

O livro é dividido em quatro partes, e cada capítulo é contado por um personagem diferente. Sendo que todos os personagens têm uma história para contar relacionada às mortes. Entre os capítulos contados por personagens, temos capítulos do livro que a Nel Abbot estava escrevendo sobre o Poço dos Afogamentos.

A quantidade de personagens contando fatos em alguns momentos pode tornar a leitura um pouco confusa se você não se atentar para quem é cada personagem e suas relações. O fato de termos cada capítulo contado por um personagem é interessante porque a história contada por um ponto de vista, é melhor esclarecida por outro ponto de vista, fazendo com que o leitor entenda melhor os acontecimentos que para um personagem não ficou muito clara pois ele não tinha  a informação completa.

O livro é praticamente um quebra-cabeça que o leitor precisa ir montando ao longo da leitura. O mistério é muito bem construído e quando você acha que o desvendou, a autora vai no último capítulo e desconstrói tudo o que você imaginou.

O thriller escrito pela autora é digno de prêmios, estou bem ansiosa para assistir o filme. Espero que em breve seja realmente lançado. Também pretendo ler A garota no Trem, espero que seja tão bom quanto o segundo livro.
Espero que vocês tenham gostado. Já leram esse livro? O que acharam?

Abraços!